ActionAid na Mídia

Veja o que estão falando sobre a nossa organização e descubra como podemos colaborar com a sua reportagem.

Compartilhe

Juliana Câmara

Assessora de Imprensa

07 / 03 / 2017

ActionAid Brasil adere à greve internacional de mulheres ‘Eu Paro’

A organização internacional de combate à pobreza ActionAid está aderindo no Brasil à greve internacional de mulheres ‘Eu Paro’, convocada para este 8 de março, Dia Internacional das Mulheres, celebrado na próxima quarta-feira. Com 62% de seu quadro de funcionários feminino, a ActionAid convoca a todas para a paralisação e incentiva-as a comparecer aos atos de rua no Recife e no Rio de Janeiro, cidades onde a organização possui escritórios no país.

“No Brasil, este ato está sendo convocado por importantes movimentos feministas, como MMM (Marcha Mundial das Mulheres) e AMB (Articulação das Mulheres Brasileiras), e tem como foco principal lutar contra os retrocessos trazidos pela conjuntura nacional e pelo desmonte da Previdência – que têm como principais atingidas as mulheres, em especial as rurais”, explica Ana Paula Ferreira, coordenadora do Programa de Direitos das Mulheres da ActionAid no Brasil.

A ActionAid atua no Brasil há 16 anos, em 13 estados, em parceria com mais de 20 organizações, beneficiando cerca de 300 mil pessoas.

A organização desenvolve projetos para garantir o acesso das pessoas aos direitos de alimentação, educação, infraestrutura urbana, participação cidadã e igualdade entre homens e mulheres. Para a ActionAid, essas são algumas das dimensões mais importantes para combater a pobreza no país.

A organização trabalha com o tema de direitos das mulheres porque, no mundo inteiro, elas são as que mais sofrem com a pobreza e a desigualdade. A ActionAid atua para fortalecer os direitos das mulheres, apoiando projetos de capacitação, geração de renda e agricultura sustentável, com foco na autonomia feminina, combate à violência e formação política.

Juliana Câmara

Assessora de Imprensa

E-mail: juliana.camara@actionaid.org