Publicações

Acompanhe os nossos relatórios anuais, nossas pesquisas e relatórios nacionais e internacionais em cada tema de trabalho.

Saiba Mais

A Geopolítica de Infraestrutura da China na América do Sul: um estudo a partir do caso do Tapajós na Amazônia brasileira

Saiba mais

01 set 2017

A Geopolítica de Infraestrutura da China na América do Sul: um estudo a partir do caso do Tapajós na Amazônia brasileira

Data de publicação: 30/08/2017

Número de páginas: 88

Fechar

Nos últimos anos, o Tapajós, no Oeste do Estado do Pará, se tornou o corredor de comércio do agronegócio em mais intensa expansão do país. Apesar de ser um dos maiores mosaicos de áreas protegidas do mundo, totalizando cerca de seis milhões de hectares de terra, a região se tornou o cenário trágico de obras e processos de licenciamento de portos graneleiros, hidrovias, hidrelétricas, uma extensa ferrovia e a pavimentação de uma rodovia, com o objetivo principal de abrir caminho para acelerar a exportação de commodities para a China.

Download

Relatório Luz da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável

Saiba mais

12 jun 2017

Relatório Luz da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável

Data de publicação: 12/06/2017

Número de páginas: 32

Fechar

Esta publicação é a versão síntese do Relatório Luz, feita pelo Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para Agenda 2030, focando nos sete objetivos que serão tema da edição deste ano do Fórum da ONU para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Os resultados são extremamente preocupantes diante dos desafios de erradicar a pobreza e eliminar a fome, assegurar a inclusão socioprodutiva, garantir uma vida saudável, alcançar a equidade de gênero, construir infraestrutura resiliente e acessível a todas as pessoas, promover industrialização inclusiva e sustentável, estimular a inovação e proteger os ecossistemas marinhos.

Download

Liberdade de Locomoção

Saiba mais

25 nov 2016

Liberdade de Locomoção

Data de publicação: 25/11/2016

Número de páginas: 32

Fechar

Certa vez, eu viajava em um ônibus quando senti algo estranho me tocando, atrás. Eu fui para um lado, e para o outro, e parecia que pessoa estava me seguindo, posicionando-se, de propósito, bem atrás de mim. Eu tentei me desvencilhar, mas o ônibus estava lotado. Não pude fazer nada porque não tinha como provar nada de errado. Simples, não? Se eu dissesse alguma coisa, a pessoa responderia que não fez nada.” Mulher de São Paulo, Brasil.

Download

Contribuições do PAA e do PNAE

Saiba mais

28 set 2016

Contribuições do PAA e do PNAE

Data de publicação: 28/09/2016

Número de páginas: 39

Fechar

Uma das principais estratégias que a ActionAid adota para enfrentar a pobreza é através da promoção da agricultura sustentável – um trabalho que se dá de diferentes maneiras segundo o contexto de cada país: desde o apoio às mulheres rurais para reivindicar seu direito à terra e aos recursos naturais, o apoio a pequenos agricultores para garantir o acesso a mercados até o trabalho de incidência junto a governos para a promoção de políticas públicas inclusivas.

Download

El Niño: The Silent Emergency

Saiba mais

09 set 2016

El Niño: The Silent Emergency

Data de publicação: 09/09/2016

Número de páginas: 8

Fechar

In April 2016, the United Nations Emergency Relief Coordinator, Stephen O’Brien, alerted governments gathered in Geneva that they collectively faced “an alarming funding gap of over $2.2 billion” to respond to El Niño food crisis.1 As the same donor officials prepare to attend the high level event on El Niño and La Niña on July 19th in New York, the funding gap has increased to a staggering $2.5 billion.2 Despite this apathy from the international community, organisations like ActionAid are working on the frontline, responding to food shortages and other human impacts of this silent crisis. Through local partners, ActionAid is mobilising and supporting communities, women and other actors to face one of the most interminable and complex slow onset natural disasters encountered throughout the organisation’s history.

Download

Dinâmica capitalista dos investimentos chineses no Brasil

Saiba mais

28 jul 2016

Dinâmica capitalista dos investimentos chineses no Brasil

Data de publicação: 28/07/2016

Número de páginas: 76

Fechar
Download

Relatório Anual 2015

Saiba mais

27 abr 2016

Relatório Anual 2015

Data de publicação: 27/04/2016

Número de páginas: 20

Fechar

2015 foi um ano desafiador. Fomos acometidos por uma crise econômica, o aumento do desemprego, desastres ambientais de grandes proporções, uma intensa estiagem no Nordeste e uma grave epidemia de zika. Mas tivemos também importantes mobilizações nas áreas rurais e urbanas, como o movimento “Nenhum Direito a Menos”, no semiárido, incidindo no Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), para manter e ampliar os direitos relacionados à soberania, à segurança alimentar e à agroecologia.

Download

Perdas e ganhos: a realidade climática no século 21

Saiba mais

27 nov 2015

Perdas e ganhos: a realidade climática no século 21

Data de publicação: 27/11/2015

Número de páginas: 18

Fechar

Com a média da temperatura global atual 1°C acima dos níveis pré-industriais, as pessoas em situação de pobreza nos países em desenvolvimento já estão sofrendo a devastação dos impactos das mudanças climáticas. Portanto, é fundamental e urgente que os países e comunidades vulneráveis comecem a se adaptar ao impacto das mudanças climáticas. Estar preparado para mudanças no clima e eventos climáticos graves pode reduzir os impactos sobre a vida das pessoas, os seus meios de subsistência e segurança alimentar. Há muito tempo, no entanto, as ações para a redução das emissões e o aumento da adaptação são inadequadas e insuficientes. Como resultado, cada vez mais estes impactos estão impedindo que as pessoas se adaptem.

Download

Terra é vida, não mercadoria

Saiba mais

11 nov 2015

Terra é vida, não mercadoria

Data de publicação: 11/10/2015

Número de páginas: 36

Fechar
Download

Daqui a nada: um olhar sobre a cooperação e os investimentos brasileiros no Corredor Nacala

Saiba mais

27 out 2015

Daqui a nada: um olhar sobre a cooperação e os investimentos brasileiros no Corredor Nacala

Data de publicação: 27/10/2015

Número de páginas: 19

Fechar

Quando se trata de investimentos e cooperação brasileira na África, é impossível não ouvir falar do Corredor de Nacala, em Moçambique. É lá que estão duas das maiores empreitadas internacionais do país no campo da mineração e da cooperação para o desenvolvimento. A companhia Vale está presente na região desde 2004, explorando uma das maiores reservas de carvão de alta qualidade do mundo, a mina de Moatize. Ela é também sócia majoritária da Corredor Logístico Integrado de Nacala S.A, concessionária criada em 2012, responsável pela operação dos trens e do terminal portuário. O Corredor é também palco de um polêmico projeto de cooperação trilateral, o ProSavana, do qual participam Brasil e Japão, e que tem como objetivo a modernização da agricultura na região.

Download

Acesso à terra, território e recursos naturais

Saiba mais

15 out 2015

Acesso à terra, território e recursos naturais

Data de publicação: 15/10/2015

Número de páginas: 32

Fechar

As quebradeiras de coco babaçu têm uma grande importância histórica, econômica, social, política, ambiental e cultural na chamada “região dos babaçuais”, que engloba partes dos estados do Pará, Piauí e Tocantins e, principalmente, do Maranhão. Mais de 300 mil mulheres agroextrativistas exercem a atividade de extrativismo do coco babaçu, mas esta atividade é constantemente ameaçada, seja pelos fazendeiros que tentam impedir o acesso dessas mulheres aos babaçuais, pela expansão do agronegócio na região de predominância dos babaçuais, pela dificuldade da comercialização dos produtos oriundos do babaçu, ou pela dificuldade de acesso à terra e aos babaçuais, que garantem às quebradeiras a continuidade do seu modo de vida.

Download

The Brazilian Sugar Alcohol Sector

Saiba mais

05 out 2015

The Brazilian Sugar Alcohol Sector

Data de publicação: 05/10/2015

Número de páginas: 24

Fechar

Brazilian ethanol production is an integral part of the national energy and transport matrix, whose recognition led to ministerial responsibility for the sector being assumed by the Ministry of Mines and Energy (MME), rather than Agriculture and Planning (MAPA). At the same time, as a “flex crop”,1  sugar is a co-product of which Brazil is the world’s largest producer (some 25%) and exporter (some 40% of world trade) in what is a very volatile market. The relative share of ethanol and sugar can vary, usually within a 60-40% spectrum.

Download
Página 1 de 212